Chamada 2020-2021 – Revista Nº 16

Prazo de recepção:  28 de Febrero de 2021.

Normas de Envio
Normas Citas y Bibliografia

Comunicamos que está aberta a convocatória para envio de artigos originais e inéditos para o monográfico nº 16 da Revista Cuestiones de Género se dedicará ao tema: “A agência feminina em narrativas audiovisuais” e será coordenado por María Teresa Vera Balanza, Elia Saneleuterio, María Jesús Ruiz Muñoz y Daniele Leoz.

Na última década, a indústria audiovisual sofreu profundas transformações nas formas de produção, distribuição e consumo de conteúdos. Além disso, no contexto da quarta onda do feminismo, proliferaram os filmes e séries para plataformas de televisão e VOD protagonizadas por mulheres. O caso das séries denota um interesse especial pelas redes de televisão e plataformas VOD por esse tipo de conteúdo, e também pelo público ao qual são dirigidos (Ruiz Muñoz e Pérez-Rufí, 2020). Não nos encontramos apenas diante de um momento particularmente significativo do ponto de vista da criação e disseminação de obras audiovisuais com protagonistas femininas, mas também da visibilidade do discurso de diretoras, roteiristas e outras trabalhadoras dos meios audiovisuais, tanto no campo da indústria como na própria agenda mediática, e inclusive diante das contribuições a uma genealogia própria que valoriza os aportes das suas antecessoras/pioneiras (Cascajosa, 2015; Etura, 2018; García Jiménez, 2019).

Nesse sentido, há também um crescente interesse no meio acadêmico pela análise do discurso audiovisual sob a perspectiva de gênero (Lacalle e Gómez, 2016; Coronado e Galán, 2017; Hidalgo-Marí, 2017; Bandrés Goldáraz, 2019; Sánchez e Calderón, 2020) e pela (re)construção da História do Cinema e da Televisão, valorizando as contribuições das criadoras audiovisuais (Núñez, Silva e Vera, 2012; Cascajosa e Martínez, 2016; López Rodríguez e Raya Bravo, 2019; Núñez Domínguez e Vera Balanza, 2020).

Ao longo desses anos, também se consolidou o estudo do discurso publicitário sob a perspectiva de gênero (Velandia-Morales e Rincón, 2014; Cabrera Montúfar, 2016; Vargas Ortiz, 2020) e igualmente são de interesse os trabalhos centrados em analisar desde este enfoque a narrativa audiovisual em outras áreas, como o videoclipe (Monedero, 2020), a videoarte (Herrero, 2016) e as redes sociais (Egido e Eiroa, 2017; Barrachina, 2019; Sádaba e Barranquero, 2019).

Por todo o exposto, solicitamos para o presente monográfico artigos de investigação que contribuam para fazer um balanço e também diagnosticar a situação atual na perspectiva da “agência feminina” (Butler, 1988), ou seja, da análise do discurso considerando a capacidade de escolha do sujeito e suas estratégias de resistência em contextos adversos. Trata-se de um constructo teórico que, em primeira instância, foi aplicado à categoria “mulher”, mas que há anos também vem-se aplicando a outros coletivos excluídos cujas reivindicações explicam que as análises feministas foram integradas a uma perspectiva mais ampla, denominada “de gênero” (Saneleuterio e López-García-Torres, 2019).

As pessoas interessadas em enviar propostas de artigos para o número poderão fazê-lo através da página web da Revista fazendo o seu registro como “Autor/a” e anexando seu artigo no ato do registro ou em outro momento. As pessoas que já estejam registradas na plataforma podem enviar seu artigo desde o seu perfil da página.

A Revista também conta com o apartado “Tribuna Abierta”, que admite colaborações com uma temática diferente do monográfico, assim como a seção para a realização de resenhas de livros e filmes.

data limite para a recepção dos artigos para este número termina no dia 28 de fevereiro de 2021 e será um prazer contar com a sua colaboração.

Além disso, oferecemos-lhes o link do último número de Cuestiones de Génerode la igualdad y la diferencia dedicado ao tema “Gênero, Ciência, Tecnologia e Informação”, coordenada por Erica Hynes, Maria Valentina Locher e Maria Laura Donnet.

Cuestiones de género: de la igualdad y la diferencia es una revista académica de acceso abierto y periodicidad anual creada por iniciativa del Seminario Interdisciplinar de Estudios de las Mujeres de la Universidad de León. Está abierta a todos los trabajos de investigación realizados en el área de los estudios feministas y de la mujer con el objetivo de afianzar un espacio académico e interdisciplinar de indagación, encuentro y debate sobre el género. Admite contribuciones que sean inéditas y en cualquiera de las lenguas oficiales de la Unión Europea.

La Revista figura indexada en los siguientes catálogos, índices y bases de datos:

CIRCDialnetDICEDOAJDulcineaERIH PlusGoogle Scholar MetricsGoogle ScholarIN-RecsInDICEs CSIC, LatindexMIAR, MLA-Modern Language Association Database, REBIUNREDIBRESHUlrich’sPeriodicalsDirectoryWordCat.

 

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios .